A - I n f o s

a multi-lingual news service by, for, and about anarchists **
News in all languages
Last 40 posts (Homepage) Last two weeks' posts Our archives of old posts

The last 100 posts, according to language
Greek_ 中文 Chinese_ Castellano_ Catalan_ Deutsch_ Nederlands_ English_ Français_ Italiano_ Polski_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Türkçe_ _The.Supplement

The First Few Lines of The Last 10 posts in:
Castellano_ Deutsch_ Nederlands_ English_ Français_ Italiano_ Polski_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Türkçe_
First few lines of all posts of last 24 hours | of past 30 days | of 2002 | of 2003 | of 2004 | of 2005 | of 2006 | of 2007 | of 2008 | of 2009 | of 2010 | of 2011 | of 2012 | of 2013 | of 2014 | of 2015 | of 2016 | of 2017 | of 2018 | of 2019 | of 2020

Syndication Of A-Infos - including RDF - How to Syndicate A-Infos
Subscribe to the a-infos newsgroups

(pt) Declaração da Rede Autônoma Local sobre a Alegada Repressão a Anarquistas nas Filipinas By A.N.A. (en)

Date Thu, 21 May 2020 10:51:10 +0300


A Rede Autônoma Local (LAN - Local Autonomous Network) é uma rede fluida de indivíduos e coletivos composta por ativistas anarquistas, antiautoritários e autônomos aqui no Arquipélago chamado de Filipinas. Desde o início dos anos 2000, as pessoas da rede têm contatado consistente umas com as outras, independente de elas serem da parte sul ou norte do Arquipélago. A rede tem seu próprio nível de conhecimento e de confiança no outro, que vem do processo rígido de organização, fazendo campanhas e iniciando diferentes atividades e projetos. ---- Ouvimos sobre o relatório publicado online por grupos no exterior sobre uma repressão anti-anarquista nas Filipinas. O relatório intitulado "Filipinas - A contínua repressão aos anarquistas" (The Philippines-The continuing crack down on anarchists) foi publicado primeiro pelo Grupo Anarquista Comunista (ACG - Anarchist Communist Group), sediado no Reino Unido, e depois copiado e distribuído a outras páginas anarquistas internacionais. A maioria das pessoas envolvidas na Rede Autônoma Local teve a mesma reação ao relatório: "isso é alarmante". Como é um assunto local, decidimos investigar e fazer nossa própria pesquisa localmente sobre qual era a real situação dos anarquistas em campo.

No contexto dado, é verdade que o regime de Duterte é um governo opressivo e repressivo, ainda mais que os outros presidentes nos regimes anteriores. A Guerra às Drogas que Duterte começou em 2016 e que é conduzida desde então matou aproximadamente 30 mil pessoas, isso é fato. Algumas das vítimas dos assassinatos extra-judiciais na Guerra às Drogas foram personalidades das drogas, mas centenas de vítimas dos assassinatos extra-judiciais não eram nem ligadas a qualquer tipo de questão relacionada às drogas. Contínuos crimes e assassinatos são conduzidos também contra esquerdistas, dissidentes, líderes camponeses, organizadores comunitários, e outros ativistas. Anarquistas nas Filipinas não foram poupados, e em 2018 voluntários do Food Not Bombs (Comida Sim Bombas Não) foram assassinados e presos. (Veja o post¹ "A guerra contra as drogas nas Filipinas: quatro voluntários do Food Not Bombs assassinados, um está preso").

Esse é um assunto que estamos próximos, e nossos camaradas que foram presos nessa ocasião já foram liberados. A Rede Autônoma Local tem sido parte ativa da campanha contra a Guerra às Drogas e contra as atrocidades cometidas pelo Estado desde setembro de 2016. Fazemos eventos, ações de protesto, publicação de zines, e outras iniciativas contra esses assassinatos em massa.

Na era da pandemia de COVID-19, o regime autoritário de Duterte trata a crise atual como se estivesse em uma guerra, e implementa postos policiais e militares de checagem em vez de reforçar as necessidades médicas e de saúde do povo. É verdade que neste confinamento, as pessoas têm sofrido, especialmente os setores urbanos pobres e marginalizados. O governo realmente não está preparado para lidar com a crise de saúde. Em vez de ajudar e apoiar quem perdeu o emprego, o governo faz mais esforços para controlar a movimentação das pessoas sem planos claros de como elas vão sobreviver. Por exemplo, a assistência financeira governamental está atrasada e algumas pessoas estão saindo para as ruas para implorar por comida.

Agora, com base em nossas investigações sobre o relatório da repressão a anarquistas e assassinatos nas Filipinas, não fomos capazes de confirmar os detalhes por trás de "Filipinas - A contínua repressão aos anarquistas". Os detalhes no relatório parecem não confiáveis. Nós chegamos à conclusão de que é uma fake news e não uma verdade em si. Isso de acordo com pessoas que conhecem os escritores do material. As pessoas que o escreveram não têm nenhuma conexão com a Rede Autônoma Local, nem qualquer envolvimento em projetos ou iniciativas anarquistas. Tentamos fazer contato com eles e conversar para esclarecer as coisas, com intenção de fazer ações solidárias, mas eles ficaram na defensiva. Também descobrimos que antes desse relatório ser feito, houve várias cartas de apelo vindas destes indivíduos pedindo apoio financeiro a pessoas no exterior. Com a clara imprecisão do relatório e a solicitação de apoio financeiro, nós então questionamos os motivos das pessoas por trás do relatório.

Como anarquistas no Arquipélago, atualmente não somos o alvo do Estado. Pelo que temos conhecimento, o Estado está alheio em grande medida à nossa organização. Estamos muito cautelosos e bem planejados na promoção de publicidade anarquista. Não queremos o anarquismo comprometido com este relatório inverídico que este grupo não filiado mandou. A rede anarquista aqui é muito pequena e nós nos conhecemos muito bem; com a nossa atual tecnologia de internet, nós podemos saber se houve um incidente contra nossos camaradas em campo. Dito isso, nós não ouvimos nada sobre o que alegadamente aconteceu em Cebu, e soubemos disso por páginas anarquistas no exterior que publicaram ou compartilharam este falso relatório. Sabemos que o Estado aqui está alvejando dissidentes, mas não porque eles são anarquistas.

A Rede Autônoma Local então exige que agências de notícias deletem o falso relatório imediatamente de todos seus sites, blogs, e páginas no Twitter ou Facebook. Isso pela segurança e proteção dos anarquistas no Arquipélago. Este relatório compromete a rede anarquista no Arquipélago com o título alarmante e as mentiras escritas.

Esperamos a cooperação de nossos camaradas internacionais nessa questão.

Para notícias e atualizações, veja os vários coletivos que são parte da Rede Local Autônoma:

* BandilangItim: bandilangitim.noblogs.org &

twitter.com/BandilangItimPH

* Etniko Bandido Infoshop:

etnikobandidoinfoshop.wordpress.com &

facebook.com/ebinfoshop

* Safehouse Infoshop: facebook.com/safehouse.infoshop

* Onsite Infoshop: onsiteinfoshopphilippines.wordpress.com

* Feralcrust: feralcrust.noblogs.org/ &

facebook.com/feralcrustinfoshop

* Pirate Studio Space: facebook.com/piratestudiospace

* FlyingHouse/Ncspace/Tarima:

facebook.com/flyinghouse2013

Local Autonomous Network, 14 de Maio de 2020.

[1]https://noticiasanarquistas.noblogs.org/post/2018/10/25/a-guerra-contra-as-drogas-nas-filipinas-quatro-voluntarios-do-food-not-bombs-assassinados-um-esta-preso/)

Tradução > Sid Sobral

agência de notícias anarquistas-ana
_________________________________________
A - I n f o s Uma Agencia De Noticias
De, Por e Para Anarquistas
Send news reports to A-infos-pt mailing list
A-infos-pt@ainfos.ca
Subscribe/Unsubscribe http://ainfos.ca/mailman/listinfo/a-infos-pt
Archive http://ainfos.ca/pt
A-Infos Information Center